23 de maio de 2011

Desventuras de um pen drive!

     Um moço (meu friend, que disse que não precisava dar os créditos) teve a ideia de eu fazer meu próximo post que é esse aqui sobre a história de um fato que aconteceu comigo neste sábado que passou, de uma "Saga" começando sábado e tendo seu desfecho no domingo de noite, na busca insaciável de um pen drive maldito e minúsculo (mágico talvez).

Mais ou menos assim eu estava sábado.
     Tudo começa quando vou me arrumar para a janta na casa do Thiarlon de noite em que eu tinha que gravar antes músicas em um pen drive separado, faço isso, pego três cds meus (supostamente os três são da mesma banda, BEP) e gravo nele também, enquanto está baixando as milhões de músicas que escolhi com carinho e matando quase todo meu tempo do dia (mais ou menos) escolhendo,  também estava me arrumando e passando a makeup  ao mesmo tempo (lerda como sempre), acabo me atrasando, pronto, @brendamedinaq (quem quiser me seguir no twitter) supostamente e claramente se estressa, enlouquece, birra, quebra tudo porque ainda estava com o cabelo molhado e ainda mais que já estavam já seus amigos esperando para ir para a bóia que não era de graça (mas era mais pelo agito e encontro com os amigos), e só para contrariar perco o MALDITO pen drive num passe de mágica, com isso sobrou para todo mundo em casa também estressar comigo, a procura louca de um objeto pequeno, meus amigos também procuraram mas no lado de fora (brenda tonta não chamou eles para dentro de casa enquanto estava a procura, deixando os convidados para fora). Acabo desistindo de um bom tempo depois, mas mesmo assim ficou minha mãe procurando em casa. Chego em casa depois da festa e capoto na cama (era 2 e pouco da manhã, acho eu), no outro dia começo de novo a busca do pen drive e de novo não acho, me iludo e então continuo minha vida medíocre de domingo sem fazer nada de legal. De noite decidi ir na casa de um amigo para matar a saudade de 1928192 anos que não comparecia na sua residência e também pagar a compra que fiz com a mãe dele, resolvo antes de ir lá, baixar novamente as músicas dos meus CDs que perdi com o pen drive, mas em outro nesta vez porque o outro já tinha perdido as esperanças. E o maldito me aparece,sim aparece ele sem eu pedir nem nada, estava dentro de uma das capa dos CDs que estava antes gravando, meu pai queria me matar depois, e assim acaba o desfecho dessa história trágica que fiz causar o mundo com minha polêmica de não ter achado o pen drive mágico, eles são sobrenaturais, cuide bem dos seus, qualquer coisa coloquem uma cordinha para não fugirem.
Beijos para todos.
---------------------------------------------------

6 comentários:

CBCN | Centro Brasileiro para Conservação da disse...

Ja aconteceu algo parecido comigo ..
aii que raiva, ne/
beijos
Lara
www.leslisperles.blogspot.com

Dri disse...

Olá, Brenda! Muito legal seu blog.
Vi seu comentário no meu (http://cdgatos.blogspot.com/). Entenda como um bom conselho, castre seu gato. Já tem muitos animais nas ruas, ou nos abrigos e CCZ's (carrocinha)... não precisamos de mais filhotes por aí, não é mesmo??? Sua vizinha deveria fazer o mesmo com a gatinha dela. No meu blog, tem vários textos a respeito de castração (que você pode conseguir de graça) e também sobre posse responsável e criação indoor. Acredito que vai te ajudar a entender melhor a minha preocupação nesse post.
Parabéns pelo blog e sucesso!!! ;)

Aline Diedrich disse...

Pen drive é igual caneta ahuahuahuah... E eu e o Juju esperando lá fora! Pelo menos não estava chovendo ahuahauhauhauhauhauha

Lidi ® disse...

hahaha... Ninguém merece, né?! Isso seeeempre acontece comigo, eu grito, esperneio e digo que oque procuro tomou chá de sumiço e nisso, o "fantasma" aparece em algum lugar óbvio, só me matar de raiva!!!

Bjooo e ótima semana (:

http://seguindotendencias.blogspot.com

Junior Castro Bieger disse...

Tive 7 pen drives com perninhas, acho q 8 agora, não vi mais meu atual... q coisa heuehueh, mas nem da nada esperar lah, eu tava com a Aline tava bem :P heuhe Achei esse post muito legal, tem pitadinhas de humor e sarcasmo, parece que foi bom, mas não foi, devemos encarar a vida como um incrível parque de diversões não é Brenda? heuhe beijo :B

Brenda Medina de Quevedo disse...

Isso ae :) Juju

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...